Sábado
12 de Junho de 2021 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Newsletter

Cadastre-se e receba informações atualizadas da sua área de interesse
Seu nome
Email

INSTITUCIONAL: Ações sustentáveis: implantação de lâmpadas de LED é feita com sucesso nos edifícios do TRF1

Em atendimento às medidas de economia definidas no Plano de Logística Sustentável, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) concluiu, no mês de abril de 2021, em todos os edifícios da Corte, a substituição das lâmpadas convencionais por lâmpadas de LED. A ação foi desenvolvida com o intuito de contribuir com o projeto de redução do consumo de energia elétrica nos edifícios do Tribunal e executada pela equipe de manutenção elétrica do Tribunal, sendo a Seção de Administração de Material (Semat) e a Divisão de Engenharia e Manutenção (Dieng) responsáveis pelo serviço.  Parte do Plano de Ação Socioambiental do Tribunal desde 2016, a ação resultou numa economia de 35% no período entre os anos de 2015-2019. Segundo o supervisor da Seção de Apoio à Gestão Socioambiental e de Acessibilidade e Inclusão (Seamb) Carlos Roberto Domingues, com relação à expectativa de redução de energia, a Dieng atingiu o limite de redução com as ações implementadas nos últimos anos, por isso a meta para 2021 e 2022 é não aumentar o gasto em relação a 2019, ano-base definido, uma vez que 2020 foi um ano atípico e por isso não foi considerado no Relatório de Desempenho do PLS 2015/2020. A redução ocorrida em 2020 se deu, principalmente, em decorrência do desligamento e da redução de uso de alguns equipamentos, como por exemplo, ar-condicionado, iluminação, elevadores, computadores, devido à predominância do trabalho remoto em razão das medidas de segurança ao contágio da Covid-19, explicou Carlos. De acordo com o supervisor da Seamb, o impacto na redução da energia em 2021 será diretamente proporcional ao grau de adoção do trabalho remoto daqui por diante, seja no decorrer da pandemia, seja posteriormente. Acenda a consciência e apague o desperdício – A campanha desenvolvida pela Seção de Redação, Publicidade e Mídias Sociais (Sepmi) da Ascom do TRF1, em 2020, evidenciou a necessidade de repensar o consumo de energia elétrica, tornando-o mais sustentável para a Corte. Para a coordenadora da campanha de economia de energia do Tribunal, Rosana de Jesus Braga Severino, da Dieng, a ação estruturante da Secretaria de Gestão Administrativa (SecGA) para o biênio 2018/2019 foi concluída com êxito no quesito redução do consumo de energia. Segundo a servidora, os objetivos da ação são muitos, entre eles a conscientização dos servidores na importância de economia de energia, na melhora da gestão de manutenção predial (redução no consumo de material, custos com mão de obra e planejamento de manutenção preventiva) e do bem-estar dos servidores. A ação é pidida 4 fases: 1. implantação de iluminação LED em todos os edifícios; 2. Redução de quantidade de lâmpadas; 3. Revisão de acionamento de lâmpadas e 4. automação da iluminação de áreas comuns. Rosana afirmou ainda que, com a conclusão da fase 1 da ação, será dada continuidade nas fases seguintes, assim como na melhoria da gestão do consumo de energia elétrica nos edifícios do TRF1. LK/LC/ RF Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal da 1ª Região    
10/05/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia